Prefeitura de Arujá
Finanças apresenta balanço do 1º quadrimestre
28-05-2014
A Secretaria de Finanças de Arujá apresentou os dados do Relatório de Gestão Fiscal (RGF) do primeiro quadrimestre de 2014 em audiência pública na Câmara de vereadores, nesta quarta-feira (28/05). No período, a receita arrecadada do município foi de R$ 79.944.852,53.

A prestação de contas ao Legislativo atende ao artigo 9º da Lei de Responsabilidade Fiscal (101/2000). Dos R$ 79.944.852,53 arrecadados, os principais tributos foram o Imposto Predial Territorial e Urbano (IPTU), com R$ 11.065.809,39, e o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), com R$ 17.162.792,49.

“A parcela única do IPTU, paga nos primeiros meses, faz com que a arrecadação do tributo tenha mais representatividade no período”, explica a secretária de Finanças, Inês Rodrigues dos Santos.

De janeiro a abril, foram aplicados R$ 30.964.153,09 em Saúde e Educação. Na Saúde, as aplicações superaram os 15% previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal. A área recebeu R$ 14.622.067, o equivalente a 23,69% do orçamento do período.

Na Educação, as despesas também ficaram acima do mínimo obrigatório de 25%. No total, os R$ 16.342.085,39 atendem a 26,48% da receita do município nos quatro primeiros meses do ano.

A Prefeitura de Arujá aplicou ainda R$ 17.778.824,66 em obras de infraestrutura urbana. A maior parte compõe os investimentos de duplicação da Avenida Mário Covas, que liga o município a Guarulhos.

“Já no primeiro quadrimestre nós quitamos os precatórios do ano. Foram R$ 3.999.494,10 referentes a precatórios e mais R$ 1.115.773,40 de sentenças judiciais”, afirmou a secretária.

Os dados da audiência pública foram apresentados pela secretária de Finanças, Inês Rodrigues dos Santos, e os adjuntos Márcio Froda, Luiz Fernando Alves de Almeida e Vanessa Garofani Bachur.
Também participaram da audiência os vereadores Rogério Gonçalves Pereira e Edvaldo de Oliveira Paula (Castelo Alemão), vice-presidente da Comissão Permanente de Fiscalização Financeira e Orçamentária da Casa de Leis.

Veja também