Prefeitura de Arujá
Festival Interno de Taekwondo atrai 90 atletas
28-11-2016
O Festival Interno de Taekwondo do Programa Municipal de Esportes (Promesp) reuniu cerca de 90 atletas no Ginásio Mario Covas no último domingo (27/11), no Parque Rodrigo Barreto. De todos os lutadores, 60 eram do Promesp e muitos deles disputaram pela primeira vez uma competição.

Com a presença de alunos das academias Amasp (Mogi das Cruzes), Combat Figther (Arujá) e Fly Kicks (São Roque), o festival teve duelos nas modalidades poomse e luta, em diversas categorias.

"O objetivo do torneio é promover interação entre os taekwondistas e contribuir para o projeto de inclusão social por meio do esporte", disse o professor Fábio Augusto.

Durante a abertura do evento, o professor agradeceu a presença de todos os alunos e professores que aceitaram o convite de participar do campeonato, bem como ao mestre Marcelo Paiva, da Associação Mogiana Artsport Taekwondo (Amasp), que além de levar seus atletas para competir, entregou as premiações aos vencedores.

Nas arquibancadas, pais, familiares, amigos e admiradores do esporte assistiram às lutas com entusiasmo. Vibravam a cada golpe, defesa e desvio dos competidores, que foram atores de batalhas equilibradas e emocionantes.

Primeira competição

No último sábado (26/11), o professor Fábio Augusto promoveu o exame de faixa com seus alunos do Promesp. Segundo o professor, 30 lutadores trocaram de faixa, demonstrando evolução física e técnica no esporte.

Muitos desses lutadores nunca tinham disputado uma competição, como o Guilherme Vieira, de 7 anos. Com a faixa branca amarrada na cintura, o garoto estava confiante para a sua estreia em torneios de taekwondo. "A vitória depende de mim, se eu achar que vou conseguir, eu consigo", disse.

Já a atleta Izabel Maria Portilho, 24, trocou a faixa branca pela amarela no exame. Prestes a enfrentar pela primeira vez adversários de outras cidades, a moradora do Parque Rodrigo Barreto demonstrava bastante ansiedade, mas declarou que o mais importante é praticar o esporte e receber os benefícios que ele oferece, principalmente o respeito ao próximo.

"Eu creio que o taekwondo nos ajuda a ter respeito pelas pessoas, com os colegas e professores. Não aprendemos a lutar para bater nas pessoas lá fora. Como um esporte de artes marciais, o taekwondo ajuda também as pessoas a perderem o medo. Eu mesmo escolhi praticar o esporte para melhorar minha saúde e desenvolver habilidades", relata.

__

Prefeitura de Arujá
Diretoria de Comunicação

(11) 4652 7719
comunicacao.aruja@gmail.com
Facebook | Twitter




Veja também