Prefeitura de Arujá
Violência contra idosos é debatida em Arujá
19-06-2017
Discutir e planejar políticas públicas que garantam, respeitem e protejam os direitos dos idosos arujaenses. Esse foi o principal objetivo do encontro realizado pelo Conselho Municipal do Idoso nesta quarta-feira, dia 14, em Arujá, com o apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social.

O evento, que incluiu duas palestras e sessões de debate, é uma iniciativa em alusão ao Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, celebrado anualmente em 15 de junho e que visa, entre outras finalidades, promover a integração das pessoas da terceira idade no contexto social ativo e protegê-las de qualquer situação de violência.

As palestras foram ministradas pela socióloga Elaine Cristina Silva de Moura, que faz parte da Comissão do Programa São Paulo Amigo do Idoso, e pela assistente social e professora universitária Wilma Regina Enéas. Ambas, com uma perspectiva pedagógica, apresentaram reflexões sobre a exclusão e violência social que os idosos sofrem na sociedade contemporânea, ditada pela alta produção e consumo e padrões de beleza estabelecidos pela mídia.

“A pessoa idosa é um sujeito importante e precisa ser valorizado. Em nossa sociedade, infelizmente, os atributos de valores são os de juventude e dinheiro. As rugas não têm vez”, afirmou Elaine. Nessa mesma linha de raciocínio, Wilma enfatizou a necessidade de colocar em prática a legislação em favor dos idosos e defendeu a conscientização como laço de afeto dos mais novos para com os mais velhos.

Participação

 A reunião contou com a presença da secretária de Assistência Social, Maria Luzia Bortone Salles Couto, de pessoas da terceira idade que frequentam o Centro de Convivência do Idoso do município, representantes da sociedade civil, Associação de Pais e Amigos (Apae), da assistente social Maria Estela de Brito (servidora da Secretaria de Educação), Centro de Estudos e Pesquisas “Dr. João Amorim” (Cejam), conselheiros municipais e dos vereadores Ana Cristina Poli e Luiz Fernando Alves de Almeida.

Servidores das Secretarias de Educação e Assistência Social também participaram da atividade. A proposta do encontro dos departamentos da Prefeitura, segundo explicou a presidente do Conselho Municipal do Idoso, Maria Regina Miranda Grubba, “envolve o fortalecimento da rede intersetorial para o planejamento e promoção de ações em benefício dos idosos arujaenses”.

Contato para informações

O Estatuto do Idoso, documento jurídico que reúne as leis que garantem os direitos das pessoas na terceira idade, pode ser acessado na íntegra no link http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2003/L10.741.htm.

Disponível à população, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) atende pessoas em situação de risco social e pessoal por meio de procura espontânea e responde ainda às denúncias do disque 100.  A unidade está localizada na Rua Natividade Coutinho, nº 49, Centro. O telefone para contato é 4651 3293.

Estrutura

A Secretaria de Assistência Social de Arujá possui duas unidades para atendimento específico a idosos. Uma é o Centro de Convivência do Idoso (CCI), onde são desenvolvidas atividades que visam promover a sua convivência familiar e comunitária. O CCI fica na Rua Rio de Janeiro, nº 245, Chácara São José.

A outra unidade é o Centro Dia do Idoso, que também oferece serviços a idosos homens e mulheres com idade igual ou superior a 60 anos, e que estejam em situação de vulnerabilidade ou risco social. O centro está situado à Rua Professor Luiz Gonzaga Colangelo Nobrega, nº 151, no Parque Rodrigo Barreto, e dispõe de equipamentos especiais para a realização de atividades.​
__

Prefeitura de Arujá
Diretoria de Comunicação
(11) 4652 7719
comunicacao.aruja@gmail.com

Veja também