Prefeitura de Arujá
Seminário debate projetos educacionais
30-06-2017
O Palácio dos Bandeirantes sediou o seminário “Semear Educação”, promovido para debater experiências transformadoras que ajudam a melhorar o ensino em várias cidades do Brasil. O vice-prefeito e secretário de Educação de Arujá, Márcio Oliveira, participou do evento, que foi aberto pelo governador Geraldo Alckmin, e realizado pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP).

Ao receber prefeitos e secretários de diversos municípios paulistas, Alckmin destacou a importância da gestão para o desenvolvimento da educação. “O seminário aborda a eficiência no investimento público. Com os recursos disponíveis, os gestores devem buscar melhor resultado e maior efetividade no que é a base de tudo: a educação. O evento mostra a necessidade de avaliação por parte dos municípios”, ressaltou o governador.

Além das palestras, o encontro contou com mesas temáticas para discussões sobre gestão, Base Nacional Comum Curricular, aprendizado e ainda formas de avaliação. Prefeitos e secretários de todas as cidades do Estado foram convidados para participar do encontro.

Com a iniciativa, realizada em parceria com a Fundação Lemann, Fundação Brava, União dos Dirigentes Municipais de Educação de São Paulo e o Governo do Estado, o TCESP pretende estimular o intercâmbio de projetos inovadores entre as administrações.

Apresentações

O professor e pesquisador da Escola de Educação de Stanford David Plank, um dos maiores especialistas do mundo na área, foi um dos palestrantes. Diretor-executivo do centro de estudos Policy Analisis for California Education (Análise de Políticas para a Educação da Califórnia), o docente já trabalhou como consultor em organizações internacionais como o Banco Mundial, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (a OCDE) e a Fundação Ford, além de governos da África e da América Latina.

Na apresentação, o professor discutiu a implementação da base curricular nacional nos Estados Unidos, processo semelhante ao que atualmente acontece no Brasil. “Debatemos as cidades que conseguiram superar todas as adversidades e se tornaram referência em Educação. É uma oportunidade para que prefeitos e secretários vejam que é possível fazer mais e melhor, mesmo sem muitos recursos”, explicou o presidente do TCESP, Sidney Beraldo.

Durante o seminário, Gustavo Fernandes, professor da Fundação Getúlio Vargas e assessor especial da presidência da Corte, apresentou dados sobre as fragilidades e os pontos altos detectados pelo tribunal no ensino. As informações foram coletadas pelo Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEG-M).

Criado pelo TCESP em 2014, o indicador mede a eficiência das gestões públicas a partir de sete áreas da administração – entre elas, a educação. O índice agora faz parte das ferramentas usadas pela Organização das Nações Unidas para avaliar o avanço do Estado na implantação de políticas consideradas essenciais.​


__

Prefeitura de Arujá
Diretoria de Comunicação
(11) 4652 7719
comunicacao.aruja@gmail.com

Veja também