Prefeitura de Arujá
Empresas visitam escolas que passarão por restauração
18-08-2017
Representantes de empresas interessadas em participar de processos licitatórios que estão em andamento na Prefeitura de Arujá realizaram vistorias técnicas em algumas unidades escolares municipais, a fim de tomar conhecimento das condições para o cumprimento do objeto das licitações.

A Concorrência Pública 03/2017 e a Tomada de Preços 01/2017 tratam da manutenção e reparos de todas as unidades municipais de ensino e da ampliação do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Dona Maria Benedita Garcia, no Parque Rodrigo Barreto, respectivamente.

Os técnicos das empresas visitaram as unidades acompanhados da engenheira Andréia Assis, responsável pela manutenção escolar.

De acordo com o vice-prefeito e secretário de Educação, Márcio Oliveira, a iniciativa desta licitação será um marco na história de Arujá, pois vai permitir que unidades possam ser restauradas, oferecendo mais conforto e comodidade aos alunos.

“Infelizmente nossas escolas e creches se encontram em condições muito precárias, mas estamos nos esforçando para reverter este quadro de forma que todos possam ser beneficiados”, afirmou.

Exigência


A exigência de visita técnica é um mecanismo de cautela que busca evitar que haja tanto para o licitante como para a administração pública, prejuízos de natureza econômica ou técnica, durante a execução do contrato.

A Lei de Licitações autoriza o poder público a exigir, como requisito de qualificação técnica, a comprovação de que o licitante realizou vistoria técnica no local onde serão cumpridas as futuras obrigações contratuais, em momento anterior à apresentação de sua proposta na concorrência.

__

Prefeitura de Arujá
Diretoria de Comunicação

(11) 4652 7719
comunicacao.aruja@gmail.com

Veja também