Prefeitura de Arujá
InSaúde gerenciará PAs e Maternidade
19-09-2017
O Instituto Nacional de Pesquisa e Gestão em Saúde (InSaúde) é o novo responsável pelo gerenciamento dos Prontos Atendimentos (PAs) do Centro e do Parque Rodrigo Barreto e da Maternidade Municipal. A Organização Social foi a vencedora da chamada pública aberta pela Prefeitura, assinou contrato de um ano e desde segunda-feira (18/09) à noite já atua na cidade.

Nesta terça (19) o prefeito José Luiz Monteiro recebeu no gabinete Rodrigo Franco e Fernando Vitor, diretor-geral e diretor médico das unidades, e falou da expectativa de toda a população pela melhoria dos serviços e atendimentos prestados.

“Sem juízo de valor à empresa anterior, a gente espera um avanço, uma evolução natural. Queremos que a situação melhore de maneira efetiva para que as pessoas que buscam atendimento tenham uma saúde de mais qualidade à disposição delas. É fundamental que o plano de trabalho seja cumprido e nós iremos fiscalizar muito de perto”, disse o prefeito. “O Messias, secretário de Saúde, e o Joncy, diretor-geral, estão acompanhando pessoalmente essa transição para que a mudança entre as empresas não atrapalhe o serviço oferecido à população”, concluiu.

Tanto o secretário quanto o diretor, além do secretário de Assuntos Jurídicos, Carlos Roberto Vissechi, e duas técnicas da Secretaria, participaram da reunião desta terça, na Prefeitura. O que ouviram dos representantes da InSaúde é que a prioridade agora é manter o quadro de funcionários (atualmente em 174 pessoas, nas três unidades) e o atendimento.

“Temos o compromisso de ampliar o número de colaboradores para mais de 200, de forma a oferecer um trabalho adequado e um atendimento mais humanizado. Estamos prezando muito pela não descontinuação do serviço prestado hoje”, afirmou Franco.

O contrato

Prorrogável por até 60 meses desde que aprovado o serviço prestado, o contrato entre a Prefeitura e o InSaúde é de R$ 28.331.930,10, sendo R$ 12,3 mi para gerenciamento o PA Central, R$ 11,9 mi para a Maternidade e R$ 4 para o PA Barreto.

As unidades

Ao participar da licitação, a OS se comprometeu a atender as exigências de equipe, horário e número de atendimentos para as três unidades de saúde.

Localizada na Rua Diomar Fernandes Negretti, no Jardim Renata, a Matenidade Municipal Dalila Ferreira Barbosa funciona 24 horas durante os sete dias da semana. Disponibiliza atendimento obstétrico para partos e outros procedimentos com no mínimo um médico anestesiologista e um neonatologista em tempo integral.

O plantão de obstetrícia deve ser assegurado durante o dia, com dois obstetras das 7 às 19 horas, e à noite com dois médicos, sendo que um deve permanecer na unidade das 19 às 7 horas e o segundo ficará à disposição para ser acionado quando for necessário algum procedimento.

Também são exigidos para a unidade um ultrassonografista, de segunda a sexta-feira, com carga de 20 horas semanais de trabalho, um assistente social, cinco dias por semana, durante seis horas, e um fonoaudiólogo.

Assim como a Maternidade, o PA Central funciona 24 horas e necessita de dois clínicos gerais e um pediatra ininterruptamente; um clínico a mais nos fins de semana, feriados e pontos facultativos, no horário das 7 às 19 horas; um médico diarista de 40 horas semanais; um ortopedista com carga de 40 horas semanais e outro para plantão 12 horas aos fins de semana, feriados e pontos facultativos, entre 7 e 19 horas, além de um assistente social de segunda a sexta-feira.

Já o PA Barreto atende das 7 às 19 horas de segunda a segunda. São exigidos para a unidade dois clínicos gerais e um pediatra.

Já para o processo de hospitalização e atendimento de urgência e emergência estão incluídos uma equipe multidisciplinar com assistente social, fonoaudiólogo, nutricionista e farmacêutico 24 horas e a implantação de serviço de reabilitação com fisioterapeuta, terapeuta ocupacional e fonoaudiólogo, entre outros serviços.

“Deixamos muito claro à InSaúde que estas e as outras exigências previstas na licitação e no contrato devem ser atendidas sem exceção e com a melhor qualidade”, afirmou o diretor-geral da Prefeitura.

A OS


Fundado há 67 anos na cidade de Bernardino de Campos, no interior paulista, o Insaúde gerencia mais de 20 unidades de saúde em estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Alagoas.

Em Arujá, substitui o Centro de Estudos e Pesquisas Dr João Amorim (CEJAM), que atuava no município desde maio de 2012.
​​
Telefones


Por uma questão de manutenção, os contatos telefônicos da Maternidade devem ser feitos temporariamente pelos números 4655-2930 (recepção PA Central) e 4655-2931, enquanto que o do PA Barreto podem ser feitos pelo 4653-2707. Os números 4652-3000 (Maternidade) e 4652-0100 serão normalizados em breve.​
__

Prefeitura de Arujá
Diretoria de Comunicação

(11) 4652 7719
comunicacao.aruja@gmail.com

Veja também