Prefeitura de Arujá
Área é alvo de crime ambiental
26-01-2018
Equipes das Prefeituras de Arujá e de Santa Isabel realizaram na manhã de quinta-feira (25) uma vistoria numa área de compensação ambiental pertencente ao município de Arujá, situada em Santa Isabel.

A operação, que contou com o apoio da Guarda Municipal e da Polícia Militar, identificou diversos crimes contra o meio ambiente, como corte de árvores nativas, delimitações de áreas e movimentação de terras. Em alguns locais, dezenas de árvores foram derrubadas e dispostas no leito da estrada para impedir a chegada da fiscalização.

Em outras ocasiões, a administração municipal já havia contido invasões no local, mediante a remoção de cercas, muros, postes padrão e construções irregulares.

A secretária de Meio Ambiente de Arujá, Ionara Fernandes, e o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Agropecuário de Santa Isabel, Reinaldo Nunes, acompanharam a ação e ficaram surpresos com a ousadia dos criminosos: “Estamos intensificando o monitoramento do local, e apesar da área ser muito extensa, vamos tomar todas as providências necessárias para que os responsáveis sejam devidamente punidos”, afirmou Ionara.

Projeto

Uma parceria que está em estudo pela empresa Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa) pretende promover no local o plantio de 550 mil mudas de espécies nativas nos próximos anos. Ao todo, serão 200 hectares de recuperação e recomposição vegetal.

O plantio está sendo exigido como parte da compensação em virtude das obras do trecho norte do Rodoanel Mario Covas, que passa por Arujá. A autorização do plantio na área já foi emitida pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB), e a Dersa aguarda a abertura de processo licitatório para a contratação da empresa que fará a execução do plantio.

__
Prefeitura de Arujá

Diretoria de Comunicação
comunicacao.aruja@gmail.com

Veja também