Prefeitura de Arujá
Prefeito assina convênio com o IPT
07-02-2018

O prefeito de Arujá, José Luiz Monteiro, assinou na terça-feira  (06/02), na sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SDECTI) do Estado, um convênio para que o município receba assessoria técnica do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), com o objetivo de dar suporte às políticas públicas desenvolvidas na cidade.


Na ocasião, o vice-governador e secretário de Desenvolvimento, Márcio França, lançou o portal www.plataformadosmunicipios.com.br, que conta com os projetos “Pró Municípios”, desenvolvido pelo IPT, e o “E-Muove”, em parceria com a Investe SP.


Os sistemas oferecem informações, indicadores, atendimentos e diversas tecnologias voltadas ao apoio, planejamento e gestão de políticas públicas das cidades. Participaram do encontro o presidente do Instituto, Fernando Landgraf, o sócio da Muove, Rodolfo Fiori, o diretor da Investe São Paulo, Sérgio Costa, o procurador-geral de Justiça do Estado, Gianpaolo Smanio, os deputados estaduais Caio França e Abelardo Camarinha, além de outras autoridades, entre prefeitos, vereadores e secretários municipais 100 cidades selecionadas nesta primeira etapa do projeto.


“Estamos felizes por esta parceria com o IPT, um instituto muito respeitado em todo o País. Teremos ainda mais qualidade técnica para tomar decisões do nosso dia a dia, permitindo eficiência técnica nas políticas públicas, impactando consequentemente na melhoria da qualidade de vida da nossa população”, destacou o prefeito arujaense.


Além de José Luiz, representaram Arujá o diretor geral da Prefeitura, Joncy Silva, o secretário de Habitação, José Orlando Silva, e José Roberto Baptista, adjunto da Pasta.


De acordo com Márcio França as plataformas serão grandes aliadas no processo de desenvolvimento socioeconômico dos municípios: “Administrar as cidades com recursos enxutos não é uma tarefa simples. Nossa meta é oferecer ao gestor o suporte necessário para a tomada de decisões que ajudem a melhorar a qualidade de vida da população. O novo portal disponibilizará, além de informações, o suporte técnico do IPT, que conta com os melhores profissionais do Brasil, e capacitações para a elaboração de ações bem-sucedidas”, ressalta.


A Secretaria Estadual contratou o IPT para prestar de serviços, por meio da Pró Municípios, a um grupo piloto de 100 cidades. A ferramenta inovadora tem como meta aproximar-se dos gestores de modo descomplicado, capacitar equipes e apoiar iniciativas de planejamento e gestão municipal.  Segundo os responsáveis pela operação das atividades da plataforma, Tatiana Mestres e Luiz Carlos Tanno, as cidades paulistas enfrentam algumas dificuldades na solução de questões técnicas do dia a dia, como a carência de mão de obra especializada em operações como a elaboração de editais de compras e licitações, ou na resolução de imprevistos estruturais, ambientais e outros.


Entre os serviços oferecidos está o “Consulte o Especialista”, onde cada Prefeitura poderá esclarecer dúvidas técnicas e buscar orientações. A Pró Municípios oferece também o dispositivo “Cursos”, referente a temas ligados à engenharia e à tecnologia na gestão pública. Outra iniciativa da ferramenta será disponibilizar relatórios e publicações técnicas de modo que as prefeituras acessem o conteúdo tecnológico dos manuais e de publicações produzidos pelo IPT, além de cópias eletrônicas dos relatórios técnicos emitidos pelo Instituto nos últimos 10 anos para administrações municipais ou outros órgãos (estaduais ou federais).


IPT


O IPT é um instituto vinculado à SDECTI e há mais de cem anos colabora para o processo de desenvolvimento do País. Conta com laboratórios e equipe de pesquisadores e técnicos qualificados, atuando basicamente em quatro áreas: inovação, pesquisa e desenvolvimento; serviços tecnológicos; desenvolvimento e apoio metrológico; e informação e educação em tecnologia.


A equipe técnica do IPT realiza pesquisas na cidade desde 2012, ano em que a Prefeitura conseguiu o financiamento para a execução do Plano Municipal de Prevenção de Redução de Risco, por meio de convênio com o Programa de Apoio Tecnológico aos Municípios (Patem), do Governo do Estado de São Paulo.

Veja também