Prefeitura de Arujá
NOTA OFICIAL - GUARDA MUNICIPAL
22-02-2018
 A Secretaria de Segurança Pública e Cidadã e a Guarda Civil de Arujá informam que foram determinados o afastamento e a abertura de sindicância interna em consequência do envolvimento de um guarda civil do município em operação deflagrada pela Polícia Civil de São Paulo terça-feira (19/02) para investigar supostos casos de pedofilia. As medidas são cautelares.

O profissional reside em município vizinho e responderá o processo em liberdade.

Por fim, salientam que a corporação é um órgão de segurança pública que preza pela legalidade, a moralidade e a defesa dos direitos humanos.
Veja também