Prefeitura de Arujá
Febre amarela: comunicado importante
09-03-2018
A Secretaria Municipal de Saúde informa que recebeu na manhã desta sexta-feira (09/03) o resultado do laudo que confirma a morte do morador do Mirante e servidor público da Prefeitura por febre amarela. Equipes da Vigilância em Saúde fizeram ações cautelares e nebulização no bairro e no local de trabalho dele no fim de fevereiro.

São três os moradores da cidade que faleceram em decorrência da doença – há também o homem de 60 anos que residia no Jardim Josely e faleceu em 24 de janeiro e um morador de 46 anos do bairro dos Corrêas, que foi a óbito em 9 de fevereiro.

Os casos somam-se ao de uma mulher que está recuperando a saúde e contraiu febre amarela após visitar um município de Minas Gerais.

Vacinação

Oitenta e uma mil pessoas foram vacinadas contra a febre amarela em Arujá, até esta sexta-feira. A dose é aplicada nas Unidades Básicas de Saúde Parque Rodrigo Barreto, Nova Arujá, Jardim Real, Mirante, Jardim Fazenda Rincão e no Centro de Saúde II.

Combate

A Vigilância em Saúde ressalta que febre amarela, dengue, chikungunya e zika vírus são transmitidos pelo mesmo mosquito, o Aedes aegypti, e que a forma mais eficaz de evitar a reprodução dele continua sendo eliminar qualquer possibilidade de criadouro.

Mais do que nunca, é fundamental não permitir água parada em casas, terrenos e quintais, o que exige cuidados diários simples como manter garrafas, baldes e outros recipientes com a boca para baixo, colocar areia nos pratinhos de planta e lavar com água e sabão os potes de água dos animais domésticos. Caixas d'água, tambores e tonéis de armazenamento de água devem ser bem tampados e, se possível, contar com tela de proteção.

Outra medida importante é usar repelente para evitar a picada de insetos.

Veja também