Prefeitura de Arujá
Dutra: Passarela de pedestres é inaugurada
29-06-2018
A passarela de pedestres do quilômetro 203,5 da Rodovia Presidente Dutra, em frente ao Centro Industrial, foi entregue nesta sexta-feira (29/06), em evento com a presença do prefeito José Luiz Monteiro, o ministro dos Transportes, Valter Casimiro, os deputados Marcio Alvino (federal) e André do Prado (estadual) e vereadores, entre outras autoridades.

A estrutura recebeu um investimento de R$ 2,6 milhões e beneficia centenas de pessoas que utilizam a Via Dutra para trabalhar no Centro Industrial, além de moradores dos bairros Jardim Joia, Jardim Tupi, Nova Arujá e Jordanópolis. A construção representa a conquista de uma reivindicação feita há uma década por moradores, prefeitos, deputados e vereadores.

A passarela possui 35 metros e está montada em uma viga principal e outras 17 que compõem as rampas de acesso. Ela conta com dispositivos de segurança para inibir o uso indevido por motociclistas.

“A espera por essas passarelas é antiga. Por isso, este momento é importante para a história de Arujá. Quantas vidas se perderam na tentativa de atravessar a Via Dutra, uma das maiores rodovias do Brasil?”, enfatizou o prefeito José Luiz, destacando o trabalho dos deputados e outras autoridades para garantir o investimento para a cidade.

O ex-prefeito de Arujá e secretário executivo do Condemat, Abel Larini, o secretário adjunto de Estado de Logística e Transportes, José Luiz Eroles Freire, o diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Sérgio Lobo, o presidente da Câmara, Abel Franco Larini, o Abelzinho, o presidente do Centro Industrial, Sérgio Luiz Guaglioni, o Serginho, o prefeito de Guararema, Adriano Leite, vereadores e secretários municipais das duas cidades também participaram da cerimônia de entrega, no Centro Industrial.

“É na luta e na persistência que se vence. Aqui foram dez anos de espera”, afirmou o ex-prefeito. “São mais de 5 mil trabalhadores aqui e 600 pessoas que, atravessando a Dutra todos os dias, colocavam as próprias vidas em risco. Agradeço o empenho de todos que lutaram”, disse Serginho. “É uma conquista enorme para a cidade, uma batalha de todos vocês e do nosso legislativo”, completou Abelzinho.

O ministro também falou sobre a diferença que a obra, considerada simples, fará na vida de milhares de famílias. “Ficamos felizes em entregar a passarela. Foi um grande trabalho para chegar até este dia e ressalto o empenho de toda equipe da ANTT, que venceu diversos atos burocráticos para garantir a obra para a cidade”, afirmou.

Acesso da Mogi-Dutra

Além de comemorarem a entrega da passagem de pedestres, Alvino e Prado comprometeram-se com outra reivindicação arujaense: a construção da ligação entre as rodovias Mogi-Dutra e Via Dutra, que tirará milhares de veículos do trânsito local arujaense.

“Sem força política não se conquistaria esta passarela e a gente passaria mais dez anos esperando. Agora vamos atuar para garantir o acesso, essa é a nossa nova busca”, afirmou André.

“A passarela iria para o Rio de Janeiro e puxamos para Arujá porque não estava no plano de investimento da CCR (Nova Dutra, administradora da rodovia federal”, ressaltou Alvino. “Quanto à ligação da Dutra com a Mogi-Dutra, isso já foi colocado na pauta do secretário Mario Mandolfo (de Transportes do Estado) e da ANTT. É a minha próxima lição de casa para Arujá”, concluiu.

Come Bem

Também construída em Arujá, a passarela no quilômetro 201,7 (próximo ao Come Bem) está prevista para ser concluída em julho, segundo o Ministério dos Transportes. Ela beneficiará principalmente os moradores dos bairros Jordanópolis, Parque Maringá e Jardim Fazenda Rincão, e recebe investimento de R$ 2,9 milhões.

Além da passarela em Arujá, o evento também marcou a entrega de uma passarela no município de Guararema.
Veja também