Prefeitura de Arujá
Drogas: Alunos terão orientação da Guarda
31-10-2018
Criado para prevenir e combater o uso de drogas na juventude, o programa Grupo Unido na Ação de Resistência às Drogas (Guard), da Guarda Civil Municipal, será realizado a partir desta quarta-feira (01/11) com cerca de 70 alunos do quarto ano da Escola Municipal Padre Geraldo Montibeller, no Jardim Pinheiro, em parceria com a Secretaria de Educação.

Uma vez por semana e auxiliado pelo uso de uma cartilha, o Guard abordará a questão das drogas e o prejuízo que elas causam à saúde por meio de nove módulos. Vídeos e outras formas de interação farão parte das aulas, que vão até o final do ano letivo, em dezembro.

O conceito e os tipos de drogas ilícitas ou lícitas, a importância de aprender a dizer “não”, saber diferenciar a realidade daquilo que é relatado em comerciais e propagandas de publicidade promovidas por empresas como as de bebidas alcoólicas, por exemplo, valorizar a autoestima e como lidar com os próprios problemas sem recorrer ao uso de entorpecentes estão entre os temas que serão tratados durante o programa.

“A criança tem capacidade de absorver a informação e ainda multiplicar o conhecimento em casa. Saber desde cedo identificar o que é e quais são os tipos de problemas causados pelas drogas é importante porque impacta diretamente no tipo de adulto que ela vai se tornar”, explica o comandante da Guarda de Arujá, José Carlos Silva. “O objetivo principal é mostrar que consumir droga é prejudicial em qualquer idade”, conclui.

De acordo com a secretária de Educação, Priscila Sidorco, estas ações são importantes por serem necessárias para a abordagem destes assuntos nas unidades escolares. “É um projeto piloto nesta escola que servirá de base para a expansão às demais unidades no ano que vem. Tem importância porque estamos também preparando as crianças para o exercício da cidadania”, afirma.

Etec
A primeira atividade do Guard em Arujá ocorreu no último dia 9, com uma palestra para 300 adolescentes da Escola Técnica Estadual (Etec) do Centro Residencial.

Todas as ações são feitas por membros da corporação que participaram de um curso ministrado pela Guarda Civil de Guarulhos, gratuitamente.
Veja também