Prefeitura de Arujá
Passarelas da Dutra darão alívio aos moradores
12-11-2018
Alívio. É desta forma que moradores da região dos bairros Cachoeira e Copaco enxergam a chegada de duas passarelas para a travessia de pedestres na Via Dutra. Ao longo dos anos, muitos deles tiveram de conviver com a perda de familiares e amigos envolvidos em atropelamentos na rodovia e com o medo de novos acidentes.

Israel Antônio do Prado, popularmente conhecido como Índio do Cachoeira, relatava que trata-se da “realização de um sonho impossível para todos que vivem aqui. É assim para mim, tive um irmão e um tio mortos e outro irmão que tem sequelas porque foi atropelado aos 12 anos”, disse.

Morador da região há 76 anos, Sebastião do Prado também relatou a perda de familiares. “Passou da hora (das passarelas serem instaladas). Quando nasci a primeira pista da Dutra estava sendo construída e de lá para cá perdi um irmão e dois sobrinhos”, afirmou.

Entre outros moradores, Daniela Aparecida Santos também demonstrou alívio porque diariamente se vê obrigada a atravessar a via com os filhos para deslocamentos à escola, ao trabalho ou à região central da cidade. “Muitas vidas se perderam pela falta de passarela”, lamentou.

Veja também