Prefeitura de Arujá
UBS Barreto se despede de médica cubana
22-11-2018
Primeira profissional cubana do Programa Mais Médicos a deixar Arujá, Teresa de Jesus Cossio Gutierrez teve uma quarta-feira de despedidas na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Parque Rodrigo Barreto, onde atuou até a última semana. A médica, que deve retornar ao seu País de origem já no dia 26, recebeu o carinho de seus pacientes e da equipe da UBS.
   
Teresa atendeu por dois anos e seis meses no bairro arujaense. Neste período, integrou um dos grupos do programa Estratégia Saúde da Família (ESF), com o qual cumpria uma agenda de visitas domiciliares a pessoas acamadas, promovendo o atendimento básico de prevenção, recuperação e reabilitação das enfermidades mais comuns nas comunidades.
   
Durante a despedida, a agente de saúde Rosália de Souza Pérola e a enfermeira Marcela Marques ressaltaram que, além de dedicada e prestativa, a profissional se destacava pelo atendimento humanizado. “Ela é atenciosa e preocupada com os moradores, sempre foi sensível aos seus problemas. Todos nós sentiremos muita falta, somos uma família”, frisou Rosália.
   
“A população precisa muito deste cuidado e, para nós [cubanos], este é um serviço social. Estamos acostumados a tratar os mais carentes, a servir nas comunidades mais distantes. Desejo que os médicos brasileiros participem do programa e lutem pelo seu País”, disse Teresa. “Minha gratidão à equipe e aos meus pacientes. Agora vou voltar para a minha terra querida”, concluiu.
   
Em reconhecimento ao seu trabalho, ela recebeu da secretária municipal de Saúde, Carmen de Araújo Pellegrino, um certificado de agradecimento “pelos excelentes serviços prestados ao município no período entre 2016 e 2018”. Já os colegas fizeram questão de homenageá-la com mensagens e lembrancinhas.
   
Atendimentos
Arujá conta com oito profissionais do Programa Mais Médicos, três deles cubanos. Depois de Teresa, uma segunda médica deixa o posto de trabalho nesta semana. O terceiro estrangeiro, que já estava em período de férias, não retornará à cidade. Eles atendem nas UBSs Mirante, Barreto, Jardim Emília e Jardim Real.  
   
A Saúde formalizou o pedido de substituição e já há a previsão de vagas para Arujá no novo edital aberto pelo Ministério da Saúde. De acordo com a secretária, para que não haja prejuízo ao atendimento dos pacientes destes médicos, será feita uma reorganização interna entre os demais profissionais da Pasta.
   
A saída dos médicos em todo o País ocorre após o governo de Cuba informar que encerraria o convênio por conta de declarações do presidente eleito, Jair Bolsonaro, e do anúncio de que o novo governo promoveria mudanças nos termos e condições do programa.

Veja também