Prefeitura de Arujá
Começa a reforma da Seiji Shiguematsu
04-02-2019
A Secretaria de Educação de Arujá está investindo R$ 431 mil na reforma do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Seiji Shiguematsu. A unidade do Sítio dos Fernandes contará com cinco salas a mais, terá banheiro, cozinha e pátio ampliados, área de lazer coberta e novo espaço para a diretoria. O prefeito José Luiz Monteiro acompanhou o início das obras, que devem durar 180 dias.

Localizada na região do Jardim Emília, onde a demanda por vagas cresceu muito após a entrega de moradias da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), a creche atende 111 crianças de 0 a 3 anos.

A perspectiva é que as vagas passem para 264 com ampliação e, conforme explica a secretária de Educação, Priscila Sidorco, que esteve com o prefeito na vistoria, a obra caminhará paralelamente com os esforços de aumentar a quantidade de professores.

“A falta de profissionais é uma realidade da nossa rede. Se um de nossos professores entra de licença-maternidade ou saúde, por exemplo, nós não temos quem o substitua. Com este quadro enxuto e sem orçamento para contratar, é um desafio que enfrentaremos para que não tenhamos mais espaço físico disponível sem recurso humano para atender às crianças”, afirma.

Na visita ao CMEI, o prefeito José Luiz Monteiro ressaltou que uma das metas da administração municipal é buscar mais recursos por meio de emendas parlamentares, convênios com órgãos estaduais e federais e medidas de aumento da arrecadação municipal. “Seria muito fácil cruzar os braços diante desta crise financeira, mas temos de ser criativos. A qualidade das escolas e o fato de termos muitas crianças sem vagas me incomodam diariamente. São assuntos que temos de resolver”, disse.

O secretário de Obras, Ciro Doi, e o adjunto da Pasta, Flávio de Senço, também acompanharam o chefe do Executivo.

Ansiedade

A ampliação era aguardada com ansiedade pelos profissionais da creche. A cozinheira Lidalma Queiroz, por exemplo, comemorou o fato de que terá mais espaço para trabalhar. “A nossa cozinha é apertada e essa reforma é mais do que necessária para trabalharmos e servirmos bem nossas crianças”, afirmou. “O dia a dia faz com que a gente se apegue às famílias e às crianças. Amo trabalhar aqui e a ampliação vai dar mais qualidade ao nosso dia a dia”, concluiu Ester Silva, outra servidora da unidade.

A obra

De acordo com representantes da empresa Lima de Castro Engenharia e Construção, vencedora do processo licitatório para a reforma, a obra está na fase de escavação. Na sequência será feita a fundação e depois a etapa de alvenaria. Serão 250 metros de área nova construída.

O cronograma prevê a conclusão das cinco salas para que as turmas sejam remanejadas e os trabalhos partam para a parte interna da creche. Como a previsão é que a entrega ocorra em agosto, as intervenções na cozinha e no pátio devem ser realizadas durante o recesso de julho.

A ampliação conta com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento (FNDE), do Ministério da Educação.

A unidade fica na Rua Hirayoshi Amano, 456, no Sítio dos Fernandes.

Gestão

O CMEI Seiji Shiguematsu estava incluído no chamamento público para a gestão compartilhada de creches da cidade que foi anulado pela Prefeitura após ser suspenso por decisão do Tribunal de Contas, poucos dias antes da volta às aulas, nesta terça-feira (05/02). A proposta foi uma solução encontrada pela Secretaria de Educação para resolver o problema da falta de professores e garantir vagas, já neste início de ano, às 600 crianças em fila de espera.   A Secretaria de Educação está em tratativas com a Promotoria Pública para ampliar o número de vagas nas creches.
Veja também