Prefeitura de Arujá
Márcio Oliveira solicita recursos ao Estado
06-02-2019
O vice-prefeito de Arujá, Dr. Márcio Oliveira (PRB), esteve nesta segunda-feira, 04, no Palácio dos Bandeirantes, na Capital, em busca de recursos para o município.

Na Secretaria de Desenvolvimento Regional, foi recebido pelo responsável pela pasta, Marco Vinholi, a quem solicitou recursos para pavimentação e recapeamento asfáltico em diversas regiões do município.

Segundo ele, a cidade carece de melhor infraestrutura para atender seus moradores e visitantes: “Com a restauração do pavimento, todos tem a ganhar em matéria de mobilidade e conforto”, disse.

Fatec

Já na Casa Civil, Dr. Márcio Oliveira solicitou ao Secretário-Chefe, Dr. Antonio Malufe, empenho para a construção de uma Faculdade de Tecnologia (Fatec) em Arujá, o que vai auxiliar na qualificação da mão de obra local e regional.

Ele lembra que teve atuação decisiva na implantação do SENAI, além das salas descentralizadas da ETEC e da Universidade Virtual do Estado (Univesp), que já ajudaram na formação profissional de milhares arujaenses de todas as idades ao longo dos últimos anos.

Criada em 1973, a Faculdade de Tecnologia de São Paulo (FATEC-SP) já colocou no mercado de trabalho mais de 20.000 Tecnólogos, profissionais de nível superior cuja formação abrange uma extensa gama de conhecimentos científicos, humanísticos e tecnológicos, graças à composição de currículos que respondem ao desenvolvimento tecnológico e econômico, adequando-se às demandas sociais de bens e serviços.

Além dos cursos de graduação, a FATEC-SP oferece programas de pós-graduação lato sensu e de atualização tecnológica; realiza ainda diversos eventos para difusão de tecnologia. O corpo discente tem participação direta em projetos tecnológicos institucionais por meio do Programa de Iniciação Científica, administrado pela Coordenadoria de Pesquisas Científicas e Tecnológicas (CPCT), contando com cota própria e exclusiva de bolsas do PIBIC / CNPq.

O alto padrão de qualidade dos laboratórios da Faculdade possibilita a realização de ensaios certificados e a formação de mão-de-obra especializada. O corpo docente é formado de especialistas nas diversas áreas dos cursos, contando com mestres e doutores engajados em atividades didáticas, projetos de pesquisa e de extensão de serviços.

Dr. Márcio finalizou o encontro afirmando que a administração municipal empreenderá todos os esforços necessários para a concretização deste sonho: “O Estado deverá entrar com o corpo técnico e a edificação, enquanto a Prefeitura terá que ceder a área para a implantação da Faculdade e a população será a grande ganhadora desta grande parceria”, afirmou.
Veja também