Prefeitura de Arujá
Água:
Você sabia?

A água é um bem natural precioso encontrado em grande quantidade no planeta, mas possui um tratamento caro para poder chegar em condições de consumo pela população.

Especialistas afirmam que o desperdício atual no consumo pode ocasionar sérios problemas de falta de água para as gerações futuras.

Composta por dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio, a água é vital para a manutenção de todas as formas de vida conhecidas em nosso planeta. Além disso, ela cobre 70% da superfície da Terra, o equivalente a 1.386 milhão de metros cúbicos, e compõe 75% do corpo humano.

Em condições normais de temperatura e pressão, a água é encontrada em estado líquido. Há também os estados gasoso e sólido (gelo).

Cerca de 70% da água existente na Terra é salgada e encontrada nos oceanos. Já a água doce tem 10% de consumo residencial e cerca de 70% voltado às atividades da agricultura.

Dicas de economia:
  • Ao escovar os dentes e se barbear, manter a torneira fechada;
  • Fechar a torneira enquanto ensaboar as louças e talheres;
  • Usar a máquina de lavar roupas na capacidade máxima;
  • Tomar banho rápido e procurar se ensaboar com o chuveiro desligado;
  • Não jogar óleo de fritura pelo ralo da pia. Além de correr o risco de entupir;
  • encanamento da residência, esta prática polui os rios, dificulta o tratamento da água e é proibida pela lei municipal nº 2543/2013;
  • Não deixar que ocorram vazamentos em encanamentos dentro da residência;
  • Entrar em contato com a companhia de água ao verificar vazamentos de água na rede externa;
  • Usar a descarga no vaso sanitário apenas o necessário. Manter a válvula sempre regulada;
  • Reutilizar a água sempre que possível;
  • Utilizar regador no lugar de mangueira para regar as plantas;
  • Usar vassoura para varrer o chão e não a água da mangueira;
  • Lavar o carro com balde ao invés de mangueira;
  • Captar a água da chuva com baldes e utilizá-la para lavar carros, quintais e regar plantas;
  • Tratar a água de piscinas para não precisar trocar com frequência e cobri-las com lona quando não estiver em uso para evitar a evaporação;
  • Colocar sistemas de controle de fluxo de água (aeradores) no bico das torneiras.
Arujá

O município de Arujá é abastecido pelo Sistema Produtor Alto Tietê (Spat), do Departamento de Águas e Energia Elétrica (Daee) do Estado de São Paulo, que atende também os municípios de Suzano, Mogi das Cruzes, Ferraz de Vasconcelos, Poá e Itaquaquecetuba, todos no Alto Tietê, além de parte de Guarulhos e bairros da zona leste do estado.

Atualmente, o Spat oferece 15 mil litros de água por segundo para garantir o abastecimento de mais de quatro milhões de pessoas. O sistema é composto por cinco reservatórios: Ponte Nova, no rio Tietê, entre Salesópolis e Biritiba Mirim; Paraitinga, no rio Paraitinga, em Salesópolis; Biritiba, no rio Biritiba, no limite com Mogi das Cruzes; Jundiaí, no rio Jundiaí, em Mogi; e a barragem de Taiaçupeba, no limite de Mogi com Suzano.